segunda-feira, 29 de junho de 2009

Cultura - Lucia Riff; agente literária.

Lucia Riff de modo geral, agencia tudo que é ligado ao direito autoral: a edição da obra, o uso de um texto que vai ser adaptado para cinema, teatro ou entrar num livro escolar, além de convites e viagens.
Lucia já teve vários casos de autores que deixaram a agência porque acharam que ela não trouxe para eles o que eles esperavam. Também tive autores que não funcionaram da maneira que eu achava que funcionariam. Nesses casos, o melhor é simplesmente o agente abrir mão dos contratos. Apesar de fundamentais. Se a relação com o autor não funciona, não é um contrato que vai segurá-lo.
A maioria dos seus clientes nacionais é incorporada por indicação. Com o autor estrangeiro é um pouco diferente. Às vezes, ele também vem por indicação.
Para a Lúcia o agente literário deve ter um papel muito discreto, quem tem que aparecer é o autor, o editor, o livro.
Aqui no Brasil se um livro está vendendo, outro deixa de ser vendido. porque a cota de venda de uma editora para as livrarias é mais ou menos a mesma. Se uma editora gasta sua cota inteira com um único livro, não vende os outros. A editora pode até vender um pouco mais, mas não na proporção que se imagina. Então um best-seller é um livro que suga dos outros. Na verdade, o que a gente precisa é aumentar o mercado comprador.
O mercado mais comprador é o de não-ficção. Até os adiantamentos costumam ser maiores para um livro forte de não-ficção, Atualmente temos um boom dos livros de história recente do Brasil, assim como assuntos políticos, islamismo, fundamentalismo e Bush. Tudo isso há pouco tempo atrás simplesmente não vendia de maneira alguma.
Nossa agência literária foi inaugurada em 1991 por Lucia Riff , em sociedade com Carmen Balcells e Cristina de Mello e Souza. O objetivo era agenciar autores brasileiros no Brasil e também no exterior – e também agenciar Editoras e Agências Literárias estrangeiras para o mercado de publicação em língua portuguesa (Brasil e Portugal). Começaram como Agência Literária Balcells Mello e Souza Riff slc Ltda., ou simplesmente Agência Literária BMSR. Em dezembro de 2003 foi criada uma nova estrutura para a sociedade, e a agência passou a ter como sócios apenas Lucia Riff, Laura Riff e João Paulo Riff. Em outubro de 2006, completamos os 15 anos de vida, e o nome passou a ser Agência Riff. Agora em 2009 se completam 18 anos de existência.
O trabalho da agência Riff é : o agente literário representa os autores e administra suas obras. Basicamente, o agente é o elo de ligação entre autores e editores. Podemos atuar como agentes de autores brasileiros, ou de herdeiros de autores brasileiros; ou ainda como co-agentes de Editoras ou Agências estrangeiras para o mercado brasileiro ou português.Com ampla experiência de mercado, e conhecendo a linha, o perfil e a conduta profissional das editoras, nossa meta é buscar sempre as mais indicadas para publicar as obras dos nossos clientes.