quinta-feira, 21 de maio de 2009

XI Congresso de Ciências do desporto e Educação Física dos países de lingha portuguesa.

Antropologia do Esporte - Atividade física - Clube da Caminhada.
Este Programa vem ao encontro da filosofia e dá prioridade às ações que tenham por pressuposto a ampliação e a qualidade no atendimento das práticas de atividades físicas, esportivas e de lazer, principalmente, dirigidas à socialização, bem-estar e melhoria da qualidade de vida da população. Como a vida sedentária é um fator de risco para a saúde, particularmente em relação às doenças cardiovasculares, obesidade, artrites e doenças reumáticas, a falta da atividade motora no trabalho, na escola e em geral, deveria ser compensada através de atividades físicas e esportes durante o tempo livre. Há uma infinidade de atividades nas quais pessoas
de ambos os sexos podem tomar parte, atividades estas que não requerem habilidades excepcionais, coragem, equipamentos sofisticados e caros, ou instalações suntuosas para praticá-las. Diante disso, a finalidade deste projeto é fomentar a prática da caminhada nos locais reservados a esse tipo de atividade física, assim como, esclarecer a sociedade de que a caminhada é o modo mais fácil, barato e agradável de reduzir o peso em excesso e melhorar o condicionamento físico. Os objetivos deste programa, são: Possibilidade de acesso à prática do esporte como lazer; Melhoria da resistência cardiorespiratória e redução do risco de doenças cardiovasculares; Redução de peso; Fortalecimento e aumento da densidade óssea; Redução de estresse.As metas para 2006: Ampliar o programa em áreas apropriadas à prática da caminhada, procurando atender maior número de localidades na cidade de Manaus; Mostrar para a população que a prática regular da caminhada, com a intensidade adequada, eficiente e prazerosa, não é modismo, mas uma atitude inteligente de quem deseja adquirir e manter um bom nível de condicionamento físico; Divulgar o programa nas áreas de saúde, visando o desenvolvimento de conhecimentos científicos e tecnológicos (pesquisa
e divulgação) direcionados à melhoria da prática de atividades físicas e de lazer; Criar e manter mecanismos de acompanhamento e avaliação do programa e das ações apoiadas pelo professor coordenador.
Nilton de Brito Souza.