sexta-feira, 26 de junho de 2009

Festival de Literatura nacional e internacional de Paraty.

Com literatura, ciência e arte, sétima Flip possuirá 34 autores entre os dias 1 e 5 de julho de 2009.
A sétima edição da Flip {Festa Literária Internacional de Paraty}, que acontece na cidade histórica do Rio de Janeiro entre os dias 1 e 5 de julho, abordará pela primeira vez temas como ciência e artes com a participação do biólogo inglês Richard Dawkins e da artista francesa Sophie Calle, além de receber mais uma vez autores como Cristóvão Tezza e Chico Buarque . São 34 escritores convidados. Os temas abordados serão ficção e não ficção.
Além da participação de Richard Dawkins, seguidor de Charles Darwin, no ano em que o livro "A Origem das Espécies" completa 150 anos, a Flip terá a participação dos escritores chineses Ma Jian e Xinran (autora de "As Boas Mulheres da China"), quando são completados 20 anos do Massacre da praça da Paz Celestial.
Entre as participações brasileiras, destacar-se-á Chico Buarque, do recém publicado "Leite Derramado", que comparticipará de discussão com Milton Hatoum, autor de "Dois Irmãos" e "Cinzas do Norte". Cristovão Tezza, autor de "O Filho Eterno" também volta à Flip para participar de discussão com o escritor mexicano Mario Bellatin.

A música também é abordada com a participação do crítico norte-americano de música Alex Ross, autor do livro "O Resto é Ruído".

Na mesa dedicada ao jornalismo, o destaque da festa é o escritor norte-americano Gay Talese, um dos principais nomes do jornalismo literário mundial, em mesa que terá a participação de Mario Sergio Conti {do livro "Notícias do Planalto"}.

Gay Talese , assim como António Lobo Antunes, que dificilmente sai de Portugal; finalmente participaram da Flip de Paraty este ano diz Flavio Moura, diretor de programação da Flip, durante entrevista coletiva nesta quinta-feira. Segundo ele, além de presenças individuais importantes, outro atrativo da Flip é a oportunidade de encontros interessantes como a mesa dedicada à artista francesa Sophie Calle e ao escritor Grégoire Bouillier. Todos devem comparecer. Será ótimo! Creiam !